Entregas gratuitas

Filosofia

Filosofia

 

Todos os Boxer Shorts® são 100% algodão, com um corte suave, permitindo um excelente conforto. São embalados em papel de seda para preservar a qualidade de todos os materiais durante o envio..

Cada Boxer Shorts® não é um simples artigo de roupa interior; é um conceito, um estilo de vida. São desenhados em Barcelona e produzidos em Portugal por profissionais com mais de 20 anos de experiência.



Criado com uma intenção e propósito, são uma peça versátil que se adapta a qualquer ocasião, seja esta formal ou informal, com uma silhueta clássica, utilizando sempre os melhores tecidos e materiais, todos de origem portuguesa. O principal objetivo não foi fazer um produto para as pessoas andarem na rua a mostrar. É uma peça de roupa interior, por isso não é para andar a mostrar. Estamos a tentar vender um conceito, em que a pessoa pode sentir-se bem consigo própria sem ter de mostrar às outras pessoas o que está a usar 

“ Somos defensores dos direitos do trabalhador e por isso mesmo queremos garantir que todo o trabalho realizado para a marca é devidamente recompensado, sem existir qualquer tipo de exploração.”.

A Boxer Shorts® utiliza o conceito direct to consumer onde não existem intermediários desde a produção até ao cliente final. Isto permite que a marca tenha 100% de controlo sobre a qualidade de todos os serviços prestados, reduzindo drásticamente os custos fixos e, consequentemente, o preço final. Deste modo é possivel reduzir a margem, conseguindo uma vantagem competitiva em relação às restantes marcas do mercado.

A qualidade é um dos factores diferenciadores da Boxer Shorts e um dos motivos estará no facto de ser uma marca 100% portuguesa. Os produtos são feitos na Crivedi, na Trofa, e todos controlados desde o corte até que saem para entrega ao cliente.

“Os boxers são 100% algodão natural e só pelo corte e pelo fitting podem provar que são diferentes dos boxers que normalmente estão à venda nas outras marcas”, explica.

É que estas peças são cortadas nas laterais e abertas à frente, o que, apesar de gastar mais tecido e ser de produção mais cara, também é mais confortável para quem usa, um requisito essencial.